Publicações

Disponíveis no Site da Amazon

Psicologia Organizacional e do Trabalho

Uma abordagem sobre a Psicologia do Trabalho e dos Recursos Humanos

Organizacional.jpg

Para que uma organização funcione de forma eficiente, devemos levar em conta alguns fatores, como a atualização tecnológica da empresa, a qualidade dos produtos e serviços prestados, a existência de uma estrutura organizacional que leve à uma melhor gestão e, principalmente, seus recursos humanos, ou seja, os empregados que fazem parte de seu quadro funcional.

 

Por causa disso, as pessoas que ingressam em organizações devem possuir características que coincidam com as características do cargo a que se candidataram e com o que a empresa necessita.

O presente e-book aborda o tema da Psicologia Organizacional e do Trabalho, tratando de assuntos como Recrutamento e Seleção de Pessoal, Avaliação psicológica, Testes Psicológicos, Liderança, Avaliação de desempenho, E-learning, Qualidade de vida no trabalho, dentre outros.

Botão_comprar_site_psi.jpg

Organizational and Work Psychology

An approach to Work Psychology and

Human Resources

Organizational.jpg
Botão_comprar_site_psi.jpg

For an organization to function efficiently, we must take into account some factors, such as the company's technological update, the quality of its products and services, the existence of an organizational structure that leads to better management and, especially, its human resources, that is, the employees who are part of its staff.

 

Because of this, people who join organizations must have characteristics that match the characteristics of the job they have applied for and what the company needs.

 

This e-book addresses the theme of Organizational and Work Psychology, dealing with subjects such as Recruitment and Selection of Personnel, Psychological Evaluation, Psychological Tests, Leadership, Performance Evaluation, E-learning, Quality of Life at Work, among others.

O inconsciente através da Sétima Arte

O inconsciente.jpg

Desde o início dos tempos o homem se diverte através de manifestações artísticas, dentre elas, as peças de teatro. Da época clássica até os dias atuais as pessoas, ao assistirem peças teatrais, se envolvem e se divertem com as tramas levadas ao palco.​

Com a criação do cinema no final do século XIX o teatro não deixou de existir, mas a encenação de histórias nos teatros passou a dividir espaço com os filmes projetados nas grandes telas.​

Paralelamente às histórias projetadas nas telas, os filmes muitas vezes trazem em suas cenas a manifestação do inconsciente de seus autores e diretores. Este conteúdo é também veiculado em forma de arquétipos, que fazem parte do inconsciente coletivo de uma sociedade.​

Determinadas cenas retratada em um filme podem aparecer de maneira repetida em diferentes produções de cinema, escritas pelo mesmo autor. Esta temática recorrente (que se repete) pode estar ligada a uma vivência real de quem escreveu uma cena de cinema, sendo inserida muitas vezes de maneira autobiográfica e intencional, ou ainda, derivada de conteúdo inconsciente do autor do filme, que vêm à tona nas narrativas de cinema de maneira inconsciente.​

​Podemos mencionar ainda os casos de inserção subliminar de temáticas que podem influenciar comportamento e opinião dos espectadores de um filme, provocando assim o consumo de produtos por exemplo, sem que o público perceba claramente o que está sendo veiculado. Por este motivo, e devido à possibilidade de influenciar seus espectadores com modismos, ideologias e formas de comportamento, o cinema acaba se tornando poderosa ferramenta na formação de opinião junto à sociedade.​

​O e-book O Inconsciente através da Sétima Arte traz a interpretação de filmes que foram sucesso nas últimas décadas, assim como relação de 1200 filmes que abordam o comportamento humano.

Botão_comprar_site_psi.jpg

Prostituição feminina

Uma abordagem psicossocial do trabalho

de Garotas de Programa

Prostituição.jpg

O sexo, assim como a violência, são veiculados de maneira cada vez mais banal nas redes de televisão, jornais e internet. A exploração pela mídia transformou o sexo em algo corriqueiro, sendo mercadoria que proporciona aumento da venda de produtos. Paralelamente à própria evolução tecnológica, traz a possibilidade de que pessoas possam ter relacionamentos cada vez mais virtuais e superficiais, a facilidade de contato através de celulares e internet, que a princípio poderiam ser percebidos como elementos de aproximação entre os indivíduos, muitas vezes provocam o estabelecimento de relações superficiais e cada vez mais imediatistas entre as pessoas.

Apesar da emancipação da mulher que ocorreu a partir da década de 1960, fato que possibilitou à elas usufruir de maneira mais livremente e efetiva de sua sexualidade, muitos homens ainda recorrem ao serviço de profissionais do sexo.

Dentre o quantitativo de homens que buscam o serviço de garotas de programa podemos mencionar aqueles que, encontrando-se em relacionamentos afetivos de longa data, percebem a possibilidade de experimentação de parceiras diferentes de suas esposas, recorrendo por este motivo ao serviço de prostituição. Outros, por acentuado grau de timidez, fato que dificulta sua aproximação junto ao sexo oposto, buscam serviço de profissionais do sexo. Ou ainda, objetivando não macular a moral de suas esposas com a totalidade de seus desejos, não exercendo assim relacionamento afetivo de maneira plena com suas companheiras, recorrem aos serviços de garotas de programa.

Mas outros fatores são ainda determinantes para a existência da profissão, em muitos países regulamentada. 

Estes e outros assuntos são tratados no e-book Prostituição feminina – uma abordagem psicossocial do trabalho de Garotas de Programa. O e-book tem por objetivo principal buscar compreender aspectos psicossociais da atividade de profissionais do sexo.

Botão_comprar_site_psi.jpg

Female prostitution

A psychosocial approach to prostitution work

Female.jpg

Sex, as well as violence, is increasingly banal ly carried on television networks, newspapers and the internet. Media exploration has turned sex into something common, being merchandise that provides increased product sales. In parallel with technological evolution itself, it brings the possibility that people may have increasingly virtual and superficial relationships, the ease of contact through mobile phones and the Internet, which at first could be perceived as elements of approximation between individuals often provoke the establishment of superficial and increasingly immediate relationships between people.

Despite the emancipation of the woman who occurred from the 1960s, a fact that allowed them to enjoy more freely and effectively their sexuality, many men still resort to the service of sex workers.Among the number of men seeking the service of call girls we can mention those who, lying in long-standing affective relationships, perceive the possibility of experimentation of different partners of their wives, using for this reason the prostitution service. Others, due to a marked degree of shyness, a fact that hinders their approach to the opposite sex, seek service from sex workers. Or, aiming not to tarnish the morale of their wives with the entirety of their desires, thus not exercising affective relationship fully with their companions, they resort to the services of call girls.But other factors are still determinant for the existence of the profession in many regulated countries.

These and other subjects are treated in this e-book, which aims to understand psychosocial aspects of the activity of sex workers.

Botão_comprar_site_psi.jpg

© 2020 por Psicologia Contemporânea

Psicólogo Márcio Felix                                                                                                                                                                  

E-mail: mrfelixsouza@gmail.com     

Rio de Janeiro/RJ - Brasil    

Tel: 021-96748-5128                                                                                                                                     

Acessos desde 12/08/2018